Mundial de Vôlei de Praia San Vitor Lo Capo Itália 03/10 a 10/10

Mundial de Vôlei de Praia San Vitor Lo Capo Itália 03/10 a 10/10 Nascidos entre 2001 a 2006.

Procure a Federação do seu estado e faça já a inscrição dos atletas da sua escola.Acesse o site da CBDE-Brasil e veja o guia das federações: https://www.cbde.org.br/cbde/federacoes/

Ler 212 vezes Última modificação em Sábado, 17 Agosto 2019 18:27

Itens relacionados (por marcador)

  • CBDE aprova comenda do Mérito Esportivo Escolar Cruz Mitidieri, maior honraria do desporto escolar nacional

    Brasília – Em reconhecimento a união de esforços de personalidades que marcaram a história do esporte estudantil nacional, a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), aprovou nesta segunda-feira (25), por unanimidade, durante reunião virtual de seu Conselho Administrativo, a criação da Comenda do Mérito Esportivo Escolar Cruz Mitidieri. Por iniciativa do presidente Antônio Hora Filho, o título homenageia personalidades que contribuíram pelo fortalecimento da base esportiva do Brasil e que até hoje trabalham pelo desenvolvimento da entidade e do desporto.

    O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD-SE), autor do projeto de lei que cria o dia do Desporto Escolar Nacional, em tramitação no senado e uma das vozes do segmento na presidência da Comissão do Esporte na Câmara Federal, é um deles. Outro nome que ficará eternizado em nossa história é o do ex-ministro do Esporte, Leandro Cruz, que no auge da Medida Provisória 841 editada pelo ex-presidente Michel Temer, trabalhou de forma incansável pela reedição da MP que à época destinava os recursos do esporte para o extinto fundo nacional de segurança pública.



    A Comenda do Mérito Esportivo Cruz Mitidieri terá três honrarias: Emérito, Benemérito Rabelo, que homenageia também o ex-deputado federal, Eugênio Rabelo (PP-CE), e grão-benemérito Cruz Mitidieri, formando assim a maior honraria do desporto escolar nacional.

  • Solenidade de Posse da Presidência e do Conselho Administrativo Fiscal da CBDE - 2020

    Vídeo: Solenidade de Posse da Presidência e do Conselho Administrativo Fiscal da CBDE - 2020

    Vídeo: Solenidade de Posse da Presidência e do Conselho Administrativo Fiscal da CBDE - 2020

  • Adiamento de Tóquio 2020 por causa do coronavírus dá esperança para Rússia

    A pandemia do coronavírus não poupará ninguém do esporte. Os jogos foram suspensas, atletas e torcedores foram para casa e a indústria do esporte parou. Até a Olimpíada, que só não aconteceu por causa das grandes guerras foi adiada. E esse adiamento devolve uma esperança perdida que pela Rússia, a de participar do principal evento esportivo do planeta. No dia 9 de dezembro, a Agência Mundial Antidopagem (WADA) castigou a Rússia.

     

    @leiemcampo... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/colunas/lei-em-campo/2020/04/14/adiamento-de-toquio-2020-por-causa-do-coronavirus-da-esperanca-para-russia.htm?cmpid=copiaecola

    Segundo a investigação, o esquema estatal de doping abrangeu, entre outros eventos, os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e Sochi 2014 (inverno), as Universíadas e os Mundiais de atletismo de 2013.

    Com o adiamento dos jogos de Tóquio para 2021, o ministro russo do esporte afirmou na semana passada que as autoridades internacionais devem "virar a página" e anular o castigo imposto ao país de exclusão dos Jogos.

    "O mundo está parado, está isolado, está em casa. Agora, existem outras prioridades e há problemas que passam para segundo plano. A prioridade é o futuro do movimento olímpico e esta sanção prejudica muito isso. É altura de virar a página e a Rússia está disponível para receber e organizar vários eventos internacionais quando isto tudo terminar", disse Oleg Matytsin.

    Com a nova data para os jogos, a Rússia ganha tempo para defesa, mas segue em situação complicada. A comprovação do esquema de doping ficou clara, a a falta de colaboração do país também foi comprovada. Além disso, a punição por doping tem dois princípios importantes.

    O primeiro é o do jogo limpo, que garante a igualdade entre os competidores.

    Outro, a função pedagógica, se pune para dar o exemplo daquilo que não é tolerado pelo movimento esportivo.

    A Rússia já recorreu da decisão da WADA ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), o julgamento estava previsto para o final de abril.

    Em março, o TAS se manifestou sobre o caso.

    O Tribunal anunciou que a audiência de apelação não será ouvida em público com a alegação de que "não existe um acordo entre todas as partes envolvidas". A WADA queria que a audiência fosse pública.

     

    Entenda o caso

    Em setembro de 2019, a WADA abriu um procedimento formal de conformidade após a descoberta de "inconsistências" nos dados fornecidos pela agência de dopagem do país, a Rusada.

    A WADA deu à Rússia três semanas para explicar. Como resultado, os atletas russos ficaram de fora do Campeonato Mundial de Atletismo em Doha pelo órgão governamental do esporte, a IAAF.

    A determinação da Agência Mundial para ter acesso aos dados armazenados no laboratório russo estava entre as principais condições para o fim da suspensão da Rusada pela política de doping coletivo, mas as promessas não foram cumpridas.

    E, para complicar ainda mais, depois foi descoberto que os dados entregues para a agência antidoping foram manipulados, prejudicando as amostras e fazendo com que novos casos de doping baseados nos dados fossem descobertos.

    Os atletas que puderem provar que não estão contaminados pelo escândalo de doping poderão competir quando os eventos internacionais forem retomados sob uma bandeira neutra.

    Um total de 168 atletas russos competiu sob uma bandeira neutra nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em Pyeongchang depois que o país foi banido após os Jogos de 2014, sediados em Sochi. Os atletas russos conquistaram 33 medalhas em Sochi, 13 das quais eram de ouro.

    Fonte: UOL - @leiemcampo

  • Confederação Brasileira do Desporto Escolar comemora 20 anos de fundação

    Brasília – Hoje é um dia especial para todos que fazem a engrenagem do esporte estudantil no Brasil. Há exatos 20 anos, a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), era fundada com o objetivo de qualificar, incentivar e, acima de tudo, difundir o segmento fazendo a diferença na vida de milhares de jovens de escolas públicas e particulares que desde então fazem a nossa história acontecer.

     

     

    O início desse sonho partiu das mãos de Heleno Lima, primeiro presidente da entidade antes mesmo de sua fundação. Com a necessidade de se criar um órgão específico do desporto escolar no país, à época as coisas não eram fáceis, mas todo seu empenho e dedicação foram de fundamental importância para o que antes era apenas um sonho, pudesse se tornar realidade.

    Com foco na realização de competições escolares no Brasil e na participação em torneios internacionais, ser um estímulo na formação do cidadão fazendo com que a sua iniciação esportiva seja de fundamental importância na construção de uma sociedade justa com mais oportunidades e menos desigualdade social, sempre foram os principais pilares da CBDE desde a sua fundação.

    De 2000 até então, a Confederação Brasileira do Desporto Escolar protagonizou diversos momentos épicos no esporte brasileiro, como em 2013, quando pela primeira vez no Continente Americano, sediou a maior competição escolar do mundo, a Gymnasíade, realizada pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), cujo a CBDE é a única entidade brasileira filiada. O evento aconteceu em Brasília-DF, reunindo milhares de estudantes de todo o planeta na capital federal.

    Registro histórico durante o Seminário Nacional do Desporto Escolar realizado no ano passado, em Brasília: Antônio Hora Filho (presidente da CBDE), Heleno Lima (ex-presidente da CBDE), Robson Aguiar (vice-presidente da ISF) e Sérgio Rufino (ex-presidente da CBDE). Foto: Arquivo CBDE

    Além de aquecer a economia das cidades-sede em que nossas competições foram realizadas ao longo da história e promover o conhecimento através do esporte proporcionando que o jovem possa conhecer pessoas e lugares, essa atmosfera até hoje tem feito a diferença na vida do estudante brasileiro que volta para a casa com a bagagem cheia de conhecimento e boas histórias para contar.

    O trabalho vencedor realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar no Brasil, consolida não só a gestão por excelência do professor sergipano Antônio Hora Filho à frente da entidade, como a importância de nossas federações filiadas que em seus estados seguem esse mesmo modelo de atuação priorizando a responsabilidade com a coisa pública com foco no fortalecimento da base esportiva em nosso país.

    Ascom – Confederação Brasileira do Desporto Escolar

  • Veja as Datas das Seletivas de Handebol Escolar

    Veja abaixo o calendários da Seletiva Handebol Escolar no estados de MS, RS,DF.Procure a Federação e faça a inscrição dos seus atletas.

     
    EVENTO CIDADE ESTADO DATA DA REALIZAÇÃO CATEGORIA INÍCIO DAS INSCRIÇÕES FIM DAS INSCRIÇÕES
    Seletiva Estadual de Handebol Campo Grande MS 23/08 a 24/08/19 2002 a 2004 31/07/2019 15/08/2019
    Brasileiro Escolar Handebol Brasília DF 04/10 a 11/10/19 2002 a 2004    
    Seletiva Estadual de Basquete 3x3 Campo Grande MS   2002 a 2004    
    Brasileiro Escolar Basquete 3x3 Santa Cruz do Sul RS 19/11 a 24/11/19 2002 a 2004  
Entre para postar comentários
Top